Sobre nós

Coreógrafos, dançarinos e professores de dança, especializados em ritmos brasileiros, latinos e Dança dos Noivos.  Saiba mais...

Contato

Tel: 21 98219-0494 / 98876-2168

falecom@luizedenise.com.br

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Mail-2-512

O vestido de noiva atrapalha a dança?

As noivas sempre nos perguntam se a dança vai dar certo com um vestido que tenha volume. A resposta é sim! A dança sempre dá certo. 😊


O volume do vestido não atrapalha a dança, só uma coisa pode atrapalhar: o noivo ou a própria noiva pisar no vestido!


Então, duas dicas importantes aqui pra evitar que isso aconteça:


1. O ideal é ter cauda presa


Se o vestido tem cauda, é importantíssimo que a cauda esteja presa para a festa, mesmo que seja pequena. Certifique-se de que a cauda pode ser presa durante a prova; senão, peça para a costureira improvisar uma forma de prender. Afinal, você vai querer aproveitar a festa toda, certo?


No dia, é bom reforçar com alfinetes de frauda, pois colchetes ou botões podem soltar com caudas mais pesadas.


Peça ao cerimonial que cuide disso, e ele(a) se preocupará em ter alfinetes no dia e em colocá-los para você.



2. Ajuste bem o comprimento do vestido


O comprimento sem tecidos arrastando no chão não tira o movimento do vestido e não atrapalha a dança

Mesmo que o vestido não tenha cauda, a noiva deve se certificar de que o comprimento seja ajustado de forma que ela não pise no vestido. Muitos estilistas gostam de vestidos que arrastam ligeiramente (ou muito!) no chão, mas isso não é nada prático para a noiva curtir a festa, mesmo quando a não tem a dança dos noivos. Afinal nenhuma noiva quer ter o vestido pisado na festa por um convidado, né? E, olha: acontece!


Então, teste alguns passos de dança durante a prova, verifique se há risco de você ou do noivo pisarem no vestido. Se houver, exija que fique num comprimento que te agrade e confortável. Se a costureira "torcer o nariz pra você" ou disser o ideal é mais bonito arrastar no chão, lembre-se que você é a cliente, é o seu casamento e você paga caro pelo vestido!


Mas se eu quiser dançar com a cauda, vou conseguir?


Muitas noivas conseguem sim. Nós normalmente não recomendamos porque o noivo pode pisar na cauda ou pode atrapalhar a noiva na hora de girar, e evitar riscos é sempre bom, certo?

A noiva Aline foi super hábil com a cauda, que não atrapalhou nenhum momento da dança.

Mas, se a noiva quiser muito ou se não der pra prender a cauda o suficiente para não arrastar no chão, nós sugerimos o seguinte: durante as últimas provas do vestido, teste a dança e veja onde o vestido pode atrapalhar. Então use uma das mãos para "acertar" o vestido de forma graciosa depois de um giro, por exemplo. E mais: treine nos ensaios com uma saia bem comprida para que o(a) professor(a) possa ensinar os truques para os dois.


Outras noivas nos perguntam se é preciso trocar de vestido.

Trocar de vestido por um mais curto não é necessário, a menos que a noiva queria.
Dirty Dancing: Drielle escolheu o vestido curto pra entrar mais no clima do filme!

Algumas noivas já planejam isso com antecedência porque sonham com danças onde mostrar os movimentos das pernas faz diferença, como um samba de gafieira, a coreografia do filme "Dirty Dancing", entre outras.


Ainda assim, é possível fazer estas mesmas danças com o vestido longo, ok? Trocar de vestido é só uma questão de opção e gosto. 😉



Então, sabendo disso, agora é só aproveitar a festa! E se tiver dúvidas ou quiser saber mais sobre a dança, entre em contato com a gente.